Interior Casa Batllo em Barcelona

O que ver no Interior Casa Batlló | Arte, Arquitetura, Design

A Casa Batlló Gaudí Barcelona é, em todos os sentidos, uma obra de arte. Com imaginação, criatividade e técnica, não é uma grande surpresa que a Casa Batlló seja um Patrimônio da UNESCO. Continue lendo para saber mais sobre interior Casa Batlló, o estilo arquitetônico e os muitos elementos importantes que se uniram para fazer dela um local maravilhoso.

Quem projetou a Casa Batlló?

Antoni Gaudí foi um arquiteto catalão conhecido por ser o maior defensor do modernismo catalão. O trabalho de Gaudí foi influenciado pelas coisas pelas quais ele era apaixonado. Portanto, em todas as suas obras você encontrará motivos da natureza e da religião. A maior parte de sua obra pode ser encontrada em Barcelona, sendo sua principal obra a Sagrada Família. Entre 1984 e 2005, sete de suas obras, incluindo a Casa Batlló Gaudí Barcelona, foram declaradas Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. 

Gaudí foi convidado por Joseph Batlló, o proprietário da Casa Batlló, a renovar a casa. A renovação da Casa Batlló ocorreu entre 1904 e 1906.

O que há dentro da Casa Batlló?

Interior Casa Batlló - Hall de Entrada

O hall de entrada 

Antes de entrar na residência particular da família Batlló, você encontrará um hall de entrada comunitário no andar térreo. Depois de ver os motivos do mar e da vida marinha, ao entrar no hall de entrada, que é a primeira parada da casa, você se verá transportado para um ambiente subaquático. Aqui, você encontrará claraboias que lembram conchas de tartaruga, paredes abobadadas com formas curvas e uma escadaria de madeira. O corrimão esculpido da escadaria é feito de madeira dura e parece a espinha dorsal de um animal.

Interior Casa Batlló - Salão Nobre

Andar nobre e museu

O andar nobre é onde Josep Batlló permaneceu até a sua morte. É o andar principal do edifício com uma área de mais de 700 metros quadrados. O andar nobre tem um pouso privado, um refeitório e um espaço privado para casais. Tem também um escritório de estudo, que é o primeiro quarto que se alcança neste andar. Aqui, você encontrará uma lareira única em forma de cogumelo. Daqui, seja conduzido para a sala de estar da casa, e uma grande janela com imagens levará para a galeria no Paseo de Gracia. Em 2002, esta parte da Casa Batlló foi aberta como um museu para visita do público.

Interior Casa Battló - Pátio das Luzes

Pátio de luzes

Para Gaudí, a luz do Mediterrâneo era a luz perfeita. Em toda a casa, desde o piso nobre até o sótão, você encontrará a luz natural entrando proporcionalmente. Os pátios duplos são extremamente cruciais para isso. Os pátios têm paredes revestidas com pedaços de cerâmica e vidro em diferentes tons de azul, com a tonalidade mais escura em cima e mais clara em baixo. Isto, juntamente com as janelas de diferentes tamanhos, garante que a luz entre de forma uniforme. Quando estiver no fundo do pátio, você verá um tom azul fazendo com que se sinta como se estivesse debaixo d'água. No centro do pátio de luzes, você encontrará um elevador de madeira que ainda está em uso hoje.

Jardim Interior da Casa Batllo

Jardim interno

A sala de jantar privada da família Batlló, localizada no centro do andar Nobre, leva a um pátio traseiro exclusivo. Gaudí renovou a fachada traseira para acrescentar varandas onduladas e grades de ferro. Este jardim, projetado exclusivamente para o uso da família Batlló, foi um lugar para relaxar, especialmente durante as horas da tarde. Aqui você encontrará mais uma vez as técnicas de trencadis de Gaudí em jogo. Confira vasos e canteiros de flores cobertos com mosaicos e uma parede curva na parte de trás com vasos embutidos, projetada para parecer um jardim suspenso.

Interior Casa Batlló- Sótão

O sótão

Construída em torno do Pátio de Luzes, esta parte da casa antigamente era utilizada por criados para serviços como lavanderia. A característica do sótão é sua influência mediterrânea. O uso do branco é bastante único nesta parte do prédio. Este espaço é um dos melhores exemplos de como o design e a funcionalidade se unem. O sótão também consiste de uma série de 60 arcos que são colocados uns em relação aos outros de tal forma que se assemelham à gaiola nervurada de um animal.

Interior Casa Batllo - Telhado

O telhado

A Casa Batló é conhecida por ser distinta e excêntrica. Mas, o telhado é onde Gaudí retira o edifício completamente do padrão da arquitetura convencional. O projeto do telhado com as costas do dragão é uma ideia única e esta construção funciona em colaboração com a estrutura da caixa torácica do sótão para dar a forma esquelética completa de um animal. O aspecto exterior do animal foi projetado usando telhas cerâmicas coloridas como escalas. O plano de Gaudí foi bastante detalhado e ele acrescentou um brilho aos azulejos de modo a se assemelhar ao de um animal real.

Gaudí não comprometeu a estética ao projetar os interiores da casa. Ele trouxe o mesmo nível de atenção aos detalhes que criou os interiores usando ferro forjado, madeira, vitrais, azulejos cerâmicos e ornamentos de pedra. Enquanto os motivos marinhos dominam o exterior, os padrões florais têm precedência no interior.

Sobre a Casa Batlló >

A Fachada

Um jogo de luz e cor, a fachada foi criada utilizando materiais reciclados, pedra, vidro e cerâmica. Você encontrará temas de inspiração marinha em toda a fachada.

Casa Batllo Barcelona - Fachada

Assimetria

A fachada externa da casa segue o mesmo princípio de assimetria que pode ser observado em toda a residência. A fachada, portanto, funciona como um prelúdio para o que se pode encontrar dentro da casa. O piso inferior, o piso principal e as galerias do primeiro andar, feitas de arenito Montjuic, apresentam linhas onduladas. No térreo, no salão Nobre, e no primeiro andar, você encontrará colunas finas de pedra que se assemelham à forma dos ossos. A seção intermediária é multicolorida e apresenta varandas suspensas. As grades das varandas, feitas de ferro fundido que são fixadas a dois pontos de ancoragem, parecem formam máscaras. No andar Nobre, você verá uma enorme galeria que se projeta sobre o Paseo de Gracia e grandes janelas em forma oval.

Interior Casa Batllo - Fachada

Trencadis

Trencadis é o nome da técnica que Gaudí usou para criar mosaicos de azulejos, que também podem ser encontrados no Parque Güell. A cor do mosaico varia, com azul e verde, inspirando-se no mar, em destaque. Entre varandas e esquadrias você encontrará padrões que evocam a imagem de um mar de espuma. A casa é então coberta por um telhado onde o mosaico parece escamas de peixe, com tons de rosa e marreco. Na parte interna do telhado, você encontrará tons mais quentes de branco, amarelo, laranja e vermelho. As telhas verdes e azuis retornam ao fechamento do telhado, desta vez, evocando a imagem da parte de trás de um dragão. Uma cruz com quatro braços apontando para norte, sul, leste e oeste também se eleva da torre do telhado.

Fachada Casa Batlló

Interpretações

É natural que ao longo dos anos as pessoas tenham tentado interpretar as diversas imagens que as características da fachada representam. Acredita-se que a cruz representa a cruz usada por São Jorge, o santo padroeiro da Catalunha, para matar um dragão e salvar as pessoas do animal. Acredita-se também que as colunas em formato de osso, portanto, comemoram suas vítimas. Esta interpretação é provavelmente como a Casa Batlló passou a ser conhecida, a casa dos ossos ou a casa do dragão. Outras interpretações vêem a fachada como uma paisagem aquática que simboliza os "lírios de água" de Monet, como resultado do revestimento colorido de esmaltes cerâmicos e fragmentos de vidro quebrados.

Design e Arquitetura

Como a maioria das outras estruturas de Antoni Gaudí, a Casa Batlló é um dos melhores expoentes do Modernismo ou Art Nouveau. Gaudí, a quem foi pedido que criasse algo sem se retrair, respondeu ao pedido de Batlló, criando a Casa Batlló. Ela passou a ser conhecida localmente como Casa dels Ossos ou a Casa dos Ossos. O nome é bastante apropriado quando se vê o edifício.  

A principal linguagem arquitetônica do edifício é a assimetria, caracterizada pelas janelas ovais e a cantaria esculpida no térreo.

Reserve visitas e bilhetes Casa Batlló

Casa Batlló - Ingresso com Hora Marcada

Confirmação imediata
Ingressos eletrônicos
Duração flexível
Audioguia
Mais detalhes +

Combo de ingressos: Parque Güell + Casa Batlló

Confirmação imediata
Ingressos eletrônicos
Duração flexível
Audioguia
Mais detalhes +

Combo (Economize 10%) de ingressos: Casa Milà + Casa Batlló

Confirmação imediata
Ingressos eletrônicos
Duração flexível
Audioguia
Mais detalhes +
a partir de € 60€ 54

Combo (Economize 10%) de ingressos: Casa Batlló + Zoológico de Barcelona

Confirmação imediata
Duração flexível
Audioguia
Mais detalhes +
a partir de € 56,40€ 50,76

Interior Casa Batlló: Todas as suas perguntas respondidas

O que há no interior Casa Batlló?

Dentro da Casa Batlló você pode ver o gênio artístico de Gaudí, que projetou o edifício com influências da natureza. Você poderá ver o hall de entrada, o pátio de luzes, o salão nobre onde vivia a família Batlló, o jardim interno, o sótão que era usado pelos criados e o mais importante, o telhado.

Os meus bilhetes Casa Batlló dão acesso aos interiores da casa?

Sim, você pode visitar a Casa Batlló inteira com seus bilhetes Casa Batlló.

Quem projetou a Casa Batlló?

A Casa Batlló foi projetada por Antoni Gaudí.

Qual é o estilo arquitetônico da Casa Batlló de Gaudí?

A Casa Batlló é projetada no estilo Modernismo ou Art Nouveau.

De que material é feita a Casa Batlló de Gaudí?

Gaudí usou materiais reciclados, pedras, metal, madeira, cerâmica, ferro forjado e vidro para criar a Casa Batlló.

Vale a pena visitar o interior da Casa Batlló?

A fachada é a parte mais impressionante da Casa Batlló. No entanto, seria negligente não entrar nesta obra-prima. Desde os vitrais, o pátio de luzes até a lareira em forma de cogumelo e o telhado que se assemelha a um dragão, são diversos os detalhes que podem surpreender na Casa Batlló.

Onde está localizada a Casa Batlló?

A Casa Batlló está localizada em Passeig de Gràcia, 43, 08007 Barcelona, Espanha.

Quando foi construída a Casa Batlló?

O edifício original foi construído em 1877 por Emilio Sala Cortés. Ele foi renovado por Antoni Gaudí entre 1904 e 1906.

O tour da Casa Batlló está aberto no momento?

Sim, a Casa Batlló abriu suas portas ao público em 1º de julho de 2021, e desde então vem organizando excursões.

Os bilhetes Casa Batlló estão disponíveis on-line?

Sim, os bilhetes Casa Batlló estão disponíveis on-line. Você pode comprá-los aqui.

O que significa Casa Batlló?

A Casa Batlló significa a casa de Batlló, cujo nome vem de seu proprietário, Josef Batlló.

O que torna a Casa Batlló Art Nouveau?

A Art Nouveau é conhecida por suas linhas assimétricas que assumem a forma de caules e botões de flores, e outros objetos naturais delicados e curvos, que podem ser observados em toda a Casa Batlló.

O que inspirou a Casa Batlló?

Gaudí inspirou-se no mundo marinho e no mar Mediterrâneo. Muitos acreditam que ele também se inspirou nos quadros de Monet e na lenda de São Jorge.